ABRACAM | Associação Brasileira de Câmbio

CNN Brasil: Procura por casas de câmbio cresce 20% em outubro com proximidade das férias

Em outubro, dólar acumula queda de 1,7%, e, no ano, de 4,9%03/11/2009REUTERS/Rick Wilking

Lucas Janone da CNN no Rio de Janeiro

Desaceleração na cotação do dólar também explica maior demanda pela moeda americana

A procura por casas de câmbio no Brasil registrou alta de 20% em outubro, em comparação com o mês anterior. Os dados fazem parte de um levantamento da Associação Brasileira de Câmbio (Abracam), feito a pedido da CNN, e divulgado nesta segunda-feira (31).

Um dos motivos está na sazonalidade. De acordo com a Abracam, a proximidade com as festas de fim de ano e com o mês de janeiro, período de férias escolares, fazem a busca pelo dólar aumentar.

“O mês começou mais aquecido em função do preço do dólar que sofreu uma redução. Sempre que a moeda cai, a procura entre os brasileiros aumenta, principalmente daquelas pessoas que já estão com viagens programadas para o exterior”, destaca o trecho do documento obtido pela CNN.

Nos últimos 30 dias, a moeda norte-americana manteve média de cotação de R$ 5,25, de acordo com dados do Ibovespa. No mês de setembro, por exemplo, esse valor médio foi de R$ 5,40.

Em outubro, o dólar acumula queda de 1,7%, e, no ano, de 4,9%.

Segundo a presidente executiva da Abracam, Kelly Massaro, a ‘corrida’ pelo dólar não tem relação com o período eleitoral. Ela afirma, entretanto, que os negócios futuros com a moeda americana esperam um desfecho da eleição presidencial, que aconteceu neste domingo (30).

“A disputa eleitoral acirrada não altera o cenário presente nas casas de câmbio, mas já apresenta uma tendência. Para os negócios externos, o momento é de retração e conservadorismo até haver um direcionamento no pós eleições”, disse Kelly Massaro.

Acesse a matéria: https://www.cnnbrasil.com.br/business/procura-por-casas-de-cambio-cresce-20-em-outubro-com-proximidade-das-ferias/

Compartilhe este Conteúdo

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir bate-papo
1
Escanear o código
ABRACAM
Olá,
Como podemos ajudá-lo?